13°C 27°C
Vespasiano, MG
Publicidade

Em nota, Prefeitura afirma que manterá Secretário indiciado por assédio sexual no cargo

Veículos de imprensa nacional noticiaram o episódio e Prefeitura informa que abriu processo interno

09/07/2024 às 17h09 Atualizada em 09/07/2024 às 17h34
Por: Redação
Compartilhe:
Secretário segue prestigiado pelo governo Municipal
Secretário segue prestigiado pelo governo Municipal

A Prefeitura de Vespasiano, decidiu manter no cargo o secretário de Defesa Social William Soares Santos, de 62 anos, acusado de morder o seio de uma servidora. A mulher procurou a polícia para denunciar o assédio em março deste ano.

Em nota, a prefeitura disse que não afastou o suspeito porque considera o “direito constitucional de defesa e presunção de inocência”. William Soares Santos foi indiciado pela Polícia Civil por assédio sexual e é alvo de investigação de outros três inquéritos pelo mesmo crime.

A prefeitura disse ainda que todas as medidas legais cabíveis foram tomadas para apuração dos fatos e que o caso está sendo investigado em sigilo pela comissão de sindicância da prefeitura.

Recentemente um grupo de mulheres compareceu a Câmara Municipal, para pedir que vereadores abrissem uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar as denúncias e que o Secretário fosse afastado do cargo. A única vereadora da cidade, Tia Jú (REPUBLICANOS), NÃO assinou o requerimento. Lembrando que Vespasiano também é administrada por uma prefeita mulher, Ilce Rocha (PSDB) e tem sua filha Nayara Rocha (PP) deputada Estadual.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários